Untitled

R. Mal. Deodoro, n. 51, Cj. 1805 e 1810, 18º Andar - 

Curitiba - PR, Brasil. CEP: 80.020-320.

41. 3221-1022

41 99801-0011

  • Instagram ícone social

Aripar divulga Indicadores do Registro Imobiliário de Maringá (PR)

August 6, 2019

Mais de 70 participantes estiveram presentes em evento promovido pela entidade, que divulgou o aumento de 7,5% nas operações de compra e venda de Imóveis nos últimos 12 meses naquele município

 

 

A Associação dos Registradores de Imóveis do Paraná (Aripar) divulgou, em evento realizado na última segunda-feira (05), o resultado do inédito estudo Indicadores do Registro Imobiliário, destacando os dados do município de Maringá (PR) – a primeira cidade do estado paranaense e a terceira do País a participar do projeto.

 

Na oportunidade, mais de 70 convidados estiveram no encontro que contou com a presença de membros da diretoria da Aripar, de representantes do Poder Público, das entidades de classe de Maringá, de representantes do Registro de Imóveis, de instituições financeiras e imobiliárias da cidade. A atividade aconteceu na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM).

 

Foram divulgados no evento o aumento de 7,5% nos registros de compra e venda de imóveis em relação aos últimos 12 meses e a variação positiva de 3,4% no número de registros feitos em Cartório no mês de maio em relação ao mês de abril, em Maringá. O estudo teve suporte técnico da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e apoio oficial do Ministério da Economia.

 

O presidente da Aripar, Gabriel Fernando do Amaral, comentou sobre os dados apresentados e sua importância para o estado do Paraná. “É uma grande satisfação que os Indicadores do Registro Imobiliário tenham contado também com Maringá nessa edição. Nossa preocupação é de que o registro de imóveis do Brasil possa se manifestar de uma maneira uniforme e o fato de Maringá estar nesse relatório, nos agrada muito por ser o terceiro município do País que está contando com esse estudo, colocando o Paraná numa situação de vanguarda entre os registradores de imóveis brasileiros”, considera.

 

“O levantamento é uma prova clara que esses dados eram muito aguardados pelo mercado imobiliário e também pelo Poder Público, pelo potencial que eles oferecem, do ponto de vista de redução de risco de investimentos, da melhor aplicação de recursos públicos, principalmente nas políticas habitacionais” destacou Amaral.

 

Conforme explica o tesoureiro da Aripar, Fernando Matsuzawa, os Indicadores divulgados no evento serão “utilizados por empresários e órgãos públicos para definir e tomar decisões estratégicas com relação aos investimentos que podem ser feitos, analisando a tendência de alta ou de queda, e também o estabelecimento de políticas públicas de acordo com um termômetro do mercado imobiliário”.

 

“É extremamente satisfatório iniciarmos esse projeto em Maringá, sendo esta, uma das melhores cidades do País, vanguardista. Esse estudo só vem a corroborar e mostrar à sociedade e aos empresários locais o trabalho que temos feito no município”, finalizou Matsuzawa.

 

Durante o evento, o diretor de Tecnologia, Informática e Inovação da Aripar, José Eduardo de Moraes, apresentou a plataforma da Central de Serviços Eletrônicos Compartilhados dos Registradores de Imóveis, bem como pontuou sobre a divulgação dos Indicadores de Maringá. “O estudo é, sem dúvida, de extrema importância para o mercado imobiliário e financeiro, pois hoje o que a sociedade busca é informação e ela é valiosa”, ressaltou.

 

“E agora Maringá, de forma inovadora, está oferecendo esse estudo para o mercado e o valor disso é imensurável. Exatamente por isso, firmamos a parceria com a Fipe para que ela produzisse as estatísticas sem uma contrapartida financeira para o registro de imóveis, oferecendo à sociedade, devolvendo a ela, tudo que temos sob nossa guarda”, completou Moraes.

 

O vice-prefeito de Maringá, Edson Scabora, enfatizou que os números divulgados contribuem para que o Executivo municipal entenda como está a movimentação do segmento. “O estudo mostra se a cidade está aquecida ou não na questão imobiliária. Além disso, é uma ótima fonte de dados que os empresários de Maringá podem obter para tomar decisões na hora de investir. Tudo isso ajuda ainda a aquecer o próprio mercado”, disse.

 

Para o presidente da ACIM, ​ Michel Felippe Soares, os dados inéditos trazidos pela Aripar “são de grande importância, pois avaliam a situação econômica atual, sendo uma honra para a cidade de Maringá ser pioneira no estado e a terceira do país”.

 

Já para o presidente regional do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi), Reginaldo Lamim, o estudo só vem a acrescentar. “Devido a sua grande relevância, os Indicadores vão mostrar que rumo vamos seguir, sendo ainda, um termômetro para o mercado imobiliário, principalmente para o construtor, as imobiliárias e até mesmo o cliente que vai saber onde ele vai poder comprar e ou investir melhor”, considerou.

 

Presente no evento da Aripar, o presidente do Sinduscon-PR/Noroeste, Marcos Mauro Pena Filho, parabenizou o estudo proposto e o trabalho desenvolvido pela entidade que representa os registradores de imóveis do Paraná. “Os dados apresentados não são úteis só para o mercado, mas para todos na sociedade. Deixamos as portas abertas do Sinduscon para que possamos somar sempre que necessário”, salientou Pena Filho.

 

O gerente regional da Caixa Econômica Federal na região noroeste, Antônio Clever Iecher, também felicitou a Aripar pela iniciativa. “Quero parabenizar a importância desse momento, em que falamos de compliance, dos registradores quererem dar transparência aos seus serviços. Esses dados são muito relevantes, por isso participamos do evento com sete gerentes gerais da Caixa, porque vão nos dar a possibilidade de analisar melhor o mercado”, pontuou Iecher.

 

A iniciativa de divulgação promovida pela Aripar visa agora publicar mensalmente os dados do mercado imobiliário no Paraná a entes públicos e privados. Veja o estudo completo divulgado no último dia 5 de agosto: https://bit.ly/2LWPytM.

 

Fotos: Divulgação Aripar e ACIM

 

Fonte: Assessoria de imprensa

 

Please reload

Recent Posts

Please reload

Archive